Image

Policial Militar comete suicídio após assassinar a própria esposa a tiros em Palmas

O segundo sargento da Polícia Militar do Tocantins, tirou a própria vida na noite dessa sexta-feira (15) após assassinar a própria esposa com dois disparos de arma de fogo. O caso foi registrado por volta das 21h, na residência onde o casal morava na quadra 1.203 Sul, em Palmas.

Os corpos do militar identificado como Wilson da Silva Rocha, 43 anos e de sua esposa, identificada como Ana Paula Cerqueira Moreira, 51 anos foram encontrados caídos na área da residência ao lado do carro da família.

De acordo com informações , vizinhos ouviram discussões e disparos de arma de fogo na casa do casal e acionaram a Polícia Militar, que ao chegar, encontrou ambos já sem sinais vitais.

Ainda segundo apurou a reportagem, a mulher foi atingida por dois disparos de arma de fogo, os tiros atingiram a região do tórax e na altura do ombro. Já o militar estava com um ferimento causado por disparo de arma de fogo na altura da cabeça. 

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU esteve no local e confirmou os óbitos. A perícia da Polícia Técnica Científica foi acionada e ao comparecer no local realizou os procedimentos periciais.

Investigadores e uma delegada da Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa – DHPP de Palmas estiveram no imóvel onde o crime aconteceu, após a realização dos procedimentos, os corpos do 2º Sargento e de sua esposa foram levados para o Instituto Médico Legal – IML.

Segundo a PM, o sargento Rocha ingressou na Polícia Militar do Tocantins no ano de 2001 e estava atualmente lotado no 6º Batalhão da PM em Taquaralto na região sul de Palmas. Policial militar sempre dedicado ao serviço foi promovido à atual graduação no ano de 2019. O militar deixa dois filhos.

O comando da Polícia Militar, na pessoa de seu Comandante-Geral, coronel Jaizon Veras Barbosa, lamenta a perda inestimável para a instituição e para todos os amigos e familiares.